Sobre mudanças

"you can look at the past BUT DO NOT STARE!!!"

“you can look at the past BUT DO NOT STARE!!!”

Cinco anos atrás, eu comecei a fazer terapia. Toda semana, uma vez por semana, sessão de 1 hora.
Cinco anos atrás eu estava no colegial, toda terça ia pra Augusta, pintava o cabelo de loiro claro e tinha um formspring que bombava de mensagens pouco gentis de outras meninas.
Era incansavelmente triste, e tinha uma euforia incansável!
Mas o que mais tenho lembrança, era de ser extremamente confusa sobre mim mesma.
Terminei o colegial e não quis fazer faculdade. Passei uns meses trabalhando como assistente de shows internacionais, conhecendo bandas, fazendo amizades, seguindo tours, saindo com as minhas amigas e tentando me encontrar.
Não me arrependo de nada. Conheci algumas das minhas melhores amigas em quartos de hotel. E  foi em tour que conheci minhas qualidades e fraquezas e me tornei uma pessoa mais forte.
Foi ai que eu aprendi o valor real do nosso próprio dinheiro, e o valor real de amizades de verdade e pessoas com caráter!
E foi vivendo assim que eu aprendi a não ter vergonha do que eu sou, do que eu quero, e ter plena consciência e responsabilidade na forma como eu ajo.
Tomei no cú um milhão de vezes. Gastando mais do que eu podia, andando com pessoas que não tinham os mesmos valores que os meus, entrando em roubadas, e ficando ansiosa por nada. Aprendi a preciosidade que é ter equilíbrio mental e emocional.
De lá pra cá tive depressões ferradas, e aprendi a reconhecer minhas emoções e o que me faz e o que não faz bem.
Mas teve muita coisa boa também! Teve muito amor, aprendizado e sorte!
Em todo esse tempo, tive uma família, amigos e uma terapeuta incríveis que me deram a base necessária pra errar, aprender e ser quem eu sou hoje.
Acho engraçado lembrar que eu ficava sempre de recuperação em ed.fisica, e hoje uma grande parte da minha vida é ligada em fazer atividades físicas! Acho engraçado lembrar das meninas me ‘zuando’ porque eu teria que ficar no quarto dos meninos em Porto Seguro porque eu ‘não tinha’ amigas, e hoje saber que não tinha muitas mesmo, mas as poucas, estão comigo até hoje, e sei que sempre vão estar.
Essa talvez seria aquele tipo de carta que a gente quer escrever, e mandar pro passado, pro nosso eu mais sozinho, mais triste e menos realizado. Tudo ficou muito bem Samantinha!
Hoje o colegial é uma lembrança engraçada, parei de ir na Augusta com tanta frequência, parei de pintar o cabelo, e todo mundo que vem falar comigo é pra ser gentil!
Sou incansavelmente realizada, e tenho uma felicidade incansável!
Descobri o que quero fazer da vida (sem faculdade), encontrei amigos e amor de verdade na musica, e não paro de me conhecer.
Depois de cinco anos, minha terapia chegou ao fim, em lagrimas de emoção e felicidade, em abraços e uma gratidão eterna.
Depois de cinco anos, essa foi a primeira semana que não me encontrei com a Ana Luiza pra provocar risadas ou preocupações nela, e eu to tranquila, porque agora eu não sou mais confusa.
Cinco anos de jornada, e cinco anos de amor.
Cinco anos depois, aqui vai o meu obrigada.

Ela nunca soube disso, mas esse texto aqui é um oferecimento da hashtag que eu e meus amigos sempre usamos para nos referir a ela: esse foi porque somos #analulovers

ps: a foto bonita que ilustra esse texto mimimi é uma obra da talentosíssima Singh Bean, que tive o prazer de conhecer nesses roles de banda citados lá em cima! E injustamente com a humanidade, tudo o que ela faz é MUITO legal, então vale a pena ver 😉

 

Advertisements

7 comments

  1. Marco Serra · July 10, 2014

    Parabéns, Sammy.
    Nunca fui um amigo presente em sua vida, então devo dizer que me surpreendi ao ler isto. Eu nunca soube destas coisas, e creio que talvez nem tivesse a chance de chutar isto – afinal, como imaginar tantos problemas para uma pessoa incrível, divertida e, com todo o respeito, incrivelmente linda? Pois é, realmente, todos temos batalhas diárias que as outras pessoas não conseguem sequer imaginar.
    Mas, mesmo só sabendo agora, fico muitíssimo feliz por saber que está tudo dando certo para ti!
    Se precisar de alguma coisa, qualquer coisa, call me maybe!

    • saanset · July 10, 2014

      Acho que é assim pra todo mundo né? Sempre dou risada com seus posts, e te acho muito engraçado, mas aposto que você passou por coisas que eu não imagino!
      Fico feliz de ler isso, e digo o mesmo pra você! De coração!!

  2. Gustavo Bernardo · July 15, 2014

    Ei sam , saudades de voce , comecei acompanhar seu blog recentemente e to curtindo bastante as coisas que voce posta ! parabens , continue assim , muito interessante ler sobre voce e seu novo estilo de vida , se precisar de ajuda nas suas atividades fisicas pode chamar, nao sei tudo mas posso te ajudar com bastante coisa que venho aprendendo.

    Ps: fiquei no seu quarto em Porto , e tenho certeza que ficar no nosso quarto só teve lucro e foi bem mais divertido hahahahaha ! Beiiiijãooo

    • saanset · July 15, 2014

      AH
      SAN
      É
      MAIS
      LEGAL!
      Hahahahhahahahhahahah

      Que legal ler isso!!!!
      To muito feliz que vc veio aqui comentar!
      Vou pedir ajuda sim!
      Até porque dai a gente mata as saudades ❤
      Obrigadaaaa guh!!!!

  3. Pingback: Bird Heart: Playlist da semana! | Mermaid Life
  4. nozskate · October 3, 2014

    Gosto muito da maneira sincera como você escreve. Também gosto de ver como temos histórias parecidas, com tours, pessoas com valores fúteis e idas e vindas a augusta. Virou minha inspiração nos Blogs! Beijo San!

    • saanset · October 3, 2014

      Que bom ler isso ca! E que bom saber que mesmo em meio a tanta coisa vazia nesse role, a gnt achou gente legal que vamos levar sempre!! Obrigada por ser uma dessas pessoas ❤

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s